terça-feira, 2 de dezembro de 2008

O Sol

"Quando o sol nasce,
Luz cristalina,
A derramar seu calor,
Como um colar de perolas cristalinas,
Brilhando,
Pulsando..."




O Sol apareceu!
Dia de abrir o sorriso, a casa inteira também.
Sacudir as cortinas, colocar a roupa no varal.
Lavar os vidros das janelas,
Puxar os móveis de lugar.
Esquentar o dia, esquentar a casa, esquentar a alma.
Eu estava com muitas saudades do calor do Sol em meu dia.
Enfim, ele voltou! E que seja muito bem-vindo!
"Por vezes, basta que um ténue raio de sol rompa o nublado da vida, para que um sorriso rasgado me ilumine o rosto.
O raio de sol rompeu o cinzento, e eu, sorrio...."

"As barreiras mais densas, os muros mais altos, podem ser ultrapassados... Se a nossa força for tão forte como a luz do Sol!!! "

2 comentários:

Carol by Carol disse...

vc gosta mesmo do sol heinnnnnn
beijoss

Mariachiquinha disse...

Amoooo!!!
Sou movida a luz solar! :)