quinta-feira, 16 de julho de 2009

Amor vale R$ 522 mil, diz estudo


É o que diz a pesquisa britânica que tentou precificar coisas simples da vida como família, amor e amizade

Quanto valem aqueles momentos impagáveis da nossa vida como ver o nascimento do primeiro filho, viajar ou ainda ouvir eu te amo?

Ex-executivos ingleses foram atrás destas respostas. Chegaram à conclusão de que estar em uma relação estável é equivalente a uma fortuna aproximada de R$ 495,1 mil, enquanto passar tempo com bons amigos vale R$ 202,3 mil.

Longe de ser um defensor do materialismo, o livro ‘You Are Really Rich, You Just Don’t Know It Yet’ (‘Você é rico, só não descobriu ainda’ numa tradução livre), fruto do estudo feito pelos ingleses, tem como objetivo mostrar que existem coisas muito mais importantes do que o dinheiro.

A pesquisa descobriu que estar com boa saúde é considerado nosso bem mais precioso, valendo R$ 575,5 mil. Ouvir eu te amo está em segundo, com R$ 522,2 mil. Confira mais:


O que não tem preço?
Experiência Valor (em R$)

Viver num país pacífico e seguro .......413,2 mil
Ter filhos ...............................................394,4 mil
Passar tempo com a família................ 351,1 mil
Dar risada ............................................. 344,6 mil
Fazer sexo ..............................................335,7 mil
Viajar ......................................................292,9 mil
Tirar folga ...............................................173,3 mil
Ler um livro ............................................171,6 mil
Fonte: "You Are Really Rich, You Just Don't Know It Yet"



“Esse livro fala sobre um novo sistema de valores, uma alternativa a um sistema puramente financeiro”, disse Steve Henry, um dos autores do livro, ao jornal britânico The Daily Telegraph. “Como resultado da crise econômica, as pessoas estão explorando novas formas de substituir o dinheiro como critério de valor”, completa.

O livro, escrito por Henry em parceria com David Alberts, ambos ex-executivos da área de propaganda, teve como base uma pesquisa conduzida com mil pessoas, na qual se perguntava o que as faziam felizes.

6 comentários:

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Nm sei o que comentar, rs. Acho que algumas coisas não se medem pelo valor financeiro... Beijos

Rejane disse...

Sei que isso é uma pesquisa e que eles tentaram precisar certos valores. Mas eu, por exemplo, não trocaria a oportunidade de ter filhos por 394 mil reais no bolso ou, ainda, trocar o tempo com a família por 351 mil em uma conta bancária.
Há coisas em nossas vidas que valem muito mais do que dinheiro e que são insubstituíveis. É a minha opinião.

BarbieGirl disse...

Acho que isso é falta do que fazer, existem coisas que não tem preço e para todas as outras existe mastercard... rs!!

beijos amiga querida!!

Carol by Carol disse...

heehe eu vi isso no jornal ai ai

Iseedeadpeople disse...

Confesso q se me desse 522 mil pra largar meu marido, eu ia ficar MUITO tentada. Não acho q o amor supera tudo, tem hora que o $ fala muito mais alto. Pior mesmo é qdo acaba a relação e vc não ganha nada com isso. Não sou fria, sou realista!

Qto a largar filho: por $ nenhuuuuum no mundo ;)

Rejane disse...

Olá!

Voltei pra dizer que tem selinho pra você no meu blog!

Beijos.