sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

70 anos

Hoje eu faz 70 anos que meu pai nasceu. Se ele ainda estivesse aqui, hoje seria um dia de festa. Ele adorava uma festa. Ele era uma criança grande. E fazia qusetão de festa, bolo, visita, presentes...
Só quem o conheceu sabe que pessoa maravilhosa ele foi (e é, porque somos eternos).

Mas a saudade é cruel demais. É um ausência infinita que dóiiiiiiiii. Só mesmo as lembranças para acalentar o coração.

Queria tanto poder abraçar meu pai, beijar muito, deitar no colo dele ver televisão até dormir. E as danças.... uauauauuaia, meu era muito engraçado dançando ... todo duro.

Tinha dias que saíamos de carro sem destino certo, só mesmo o prazer de estarmos juntos, eu, ele e mamis.... já ia me esquecendo, dos bichitos... sim porque no carro além de nós ia, Edmundo e Sofia (cachorros)e Chartran o gato preto dele.... todos viciados em passear com a gente.

Ele dormia muito cedo, então todas as noites antes de dormir, eu ia até o quarto dele, dava um beijo nele, ajeitava a coberta nele... ele nem via. De madrugada era ele quem fazia o mesmo ritual em mim. Acordava cedíssimo, sorrindo, cantando, acordando a casa inteira...

Eu sei que estamos e estaremos eternamente juntos. Mas como eu queria que meu pai estivesse aqui do meu lado hoje (e sempre).

Deus não poderia ter me dado um pai melhor, tão amigo, companheiro, cúmplice, tão especial.

"Apesar da distância que nos separa

neste dia tão especial que é o dia do seu aniversário
longe um do outro,
quero que saiba que o trago dentro
do meu coração o tempo inteiro
e estará o resto da minha vida
dentro dele.
Obrigado Pai por ter escolhido ser meu Pai...
Estou morrendo de saudades..
Desejo-lhe muita luz...
Amo-o hoje e sempre!
Até o dia que nos encontraremos de novo...
E Pai...estou a cuidar da mãe.......Muitos Beijos"

(Autor desonhecido)

Um comentário:

Carol by Carol disse...

=[ ai que lindo Pitty...
assim vc me faz chorar
tenho certeza que seu pai olha por vc aonde ele estiver, vc eh mto abencoada
beijos