quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

O que deverá ser o Natal?

Nasci numa família cristã. Cresci e aprendi que o Natal é muito mais do que Papai Noel e as trocas de presentes.

Não sou de fazer o gênero e nem quero ser melhor que ninguém. É gostoso sim quando chega essa época em que compramos as lembracinhas de Natal para os amigos, familiares... Acho lindo ver a cidae iluminada. Casas, praças, ruas, igrejas... todas enfeitadas com luzinhas, árvores de Natal, etc, etc, etc. Isso é uma construção cultural, e sou brasileira. Tudo isso faz parte da minha cultura.

Quando eu era criança, toda as véperas do Natal, nos reuníamos na casa do meu vô. Era muito bom. Sabe quando todos os tios, primos, vizinhos dos meus avós, se junatvam e riam, brincavam, trocávamos presentes num amigo oculto. Tinha até o concurso do prato mais bonito e o mais gostoso. No dia 25, lá estávamos todos juntos novamente para almoçarmos. Era uma festa de família, mas família memso os de sangue e os do coração. Depois que o avô se foi, a minha vó fez questão de continuar a tradição, e isso durou até que ela se foi também.

Saudades. Época boa. Se eu fechar os olhos, posso voltar no tempo e ver todos ali, posso sentir o cheiro da casa da minha vó, posso ouvir as risadas, a alegria. Como foi bom para mim viver tudo aquilo.

Mas o tempo passa, as coisas mudam. É a vida. Certamente que algumas mudanças são positivas, outras.... tenho lá minhas dúvidas.

Perto da minha casa tem um boteco, xinfrim... Mas frequentado por petroleiro, médicos... digamos que "gente que tem dinheiro". Daí que ontem quando fui comprar o pão de rabanada com a minha mãe, eu estava observando... o que será que representa o Natal hoje em dia? Um feriado? Um dia de comer e beber horrores? De levantar a mala do carro e ouvir no último volume músicas de funk pouco familiar (se é que vocês me entendem :P), sair de carropor aí com latinhas de cerveja na mãos???

Não sou moralista. Cada um faz o que quiser, se diverte como quer, mas e aquele espírito natalino de amor, família, cooperação, união... pra onde ele está indo? No que o Natal está se transformando? Não ouvi um Feliz Natal das pessoas conhecidas que eu encontrei pelas ruas ontem.

Às vezes eu me pergunto, será que daqui a alguns anos lembraremos do que seja realmente o Natal? Será que diremos que o natal é uma festa cristã onde se comemora o nascimento de Jesus Cristo, que, para os cristãos, é Deus que se fez homem e veio à Terra para salvar o mundo? Será??

2 comentários:

sheila alvarenga gogoi disse...

Oi! Fazendo uma visitinha a moça que sempre comenta no blog da Carol ;)

Muito legal saber sobre o Natal e Reveillon em outras culturas.E concordo totalmente com vc o qto o Natal está desvirtuado.
O reveillon tbm, na minha opinião!Eu me vesti de amarelo (sim, eu só passo de amarelo ultimamente rsrs) e cheguei a sair de carro, eu pretendia ir até o Farol da Barra,onde todo reveillon tem shows e queima de fogos. Ao chegar perto do destino, e ver aquela confusão toda, gente bêbada, carros buzinando, brigas; simplesmente voltei p casa (pra alegria do meu filho,q não tava nem um pouco a fim de sair comigo).Eu não tava no astral... preferi fazer minha reflexão e minhas preces, na quietude do meu lar...e te digo sem uma ponta de arrependimento, que foi uma delícia!
Feliz 2009 p vc!

Mariachiquinha disse...

Gente!!! Como eu sou lerda!
Hoje que eu li o seu comentário Sheila!Desculpa!

Aqui onde moro é cidade pequena, mas de grandes confusões, por isso eu também prefiro ficar em casa.

Esse ano passamos juntas, eu, mamis e duas vizinhas na paz de Deus. Amém! :)