quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Ao amigo anônimo


Hoje eu estava lendo o tópico "Por ser dia mundial da luta contra o cancro" no blog da Raquel, http://perdidapelomundo.wordpress.com/ sobre doações. Muitas vezes temos tanto que esquecemos de valorizar, agradecer, compartilhar, doar.

Domingo dia 08 de fevereiro, fará 6 anos que meu pai aqui nos deixou. Um homem lindo, alegre, saudável, e que em no início de dezembro de 2002 apareceu com fortes dores "estomacais". Durante o exame de endoscopia, passou mal, em seguida foi internado e não mais voltou. Foram somente 21 longos dias de internação.

Por ter perdido muito sangue durante o exame, foi necessário uma transfusão. Graças a Deus, que havia bolsas de sangue do tipo dele aqui da minha cidade. Mas nós tivemos que arrumar 4 doadores de sangue para cada bolsa que ele precisou. Naquele momento tínhamos forças para tudo, mas cabeça para mais nada. Como, aonde arrumar doadores naquele momento? Então um amigo nosso, conseguiu em sua Igreja que 8 pessoas doassem sangue. Qualquer tipo de sangue.

Nunca soube quem foram esses "anjos" que se dispuseram doar sangue para nos ajudar - e ajudar mais outras tantas pessoas, tantas famílias. Me faria bem poder olhar essas pessoas e dizer: muito obrigada, você salvou vidas. Mas eu não sei quem são, aonde encontrá-las, então deixo aqui mais uma vez meu MUITO OBRIGADO, a você que doou sangue, ou doou coração, ou rin, amor, esperança, vida.

Se não foi sangue, que seja um sorriso. Se não foi coração, que seja um carinho. Ou mesmo um ouvido, um ombro amigo. Se não foi roupa, alimento, que seja um pouco do seu tempo, um pouco de você. Seja lá o que for que você tenha doado, saiba que alguém recebeu e é grato por isso.

5 comentários:

marinez disse...

Oi Mariachiquinha,meu nome eh Maria Inez leio sempre seu blog mas nunca potei,,acho vc uma pessoa realmente muito inteligente e escreve muito bem..hoje nao oude deixar de postar,porque eh muito lindo este seu agradecimento...Fiquei realmente feliz de ver que ainda tem pessoas como vc...
bju Maia inez

Mel disse...

Nossa Pitty,ontem um anjinho foi para junto de Deus,filho de uma amiga minha,eu ajudei com oracoes mas nao foram suficientes,me senti tao pequena diante da forca dessa doenca horrivel,pq tem que acontecer com criancas?To arrasada,vc faz muito bem em ser agradecida mesmo sem saber a quem,isso que nos faz pessoas grandes,beijos!!!

egitoebrasil disse...

Muito lindo o texto..
Concordo com vc, esquecemos que as vezes não precisamos de muito para já estar doando, e um sorriso não custa nada...
Beijos!!

Jules disse...

Doar, não importa o quê, sendo de coração é a coisa mais bonita!
Gostaria de poder doar sangue, é importantíssimo.

perdidapelomundo disse...

Oi, não me importei nada com gancho.
Lindo o teu texto, essa homenagem maravilhosa.

Beijos